Leitura Mediúnica #3 – Luciano Huck Candidato, Momento Atual, Fim do Ano, Coreia do Norte x Japão, Deuses

 

Hoje selecionei algumas sugestões para fazer uma leitura com alguns temas bem pertinentes ao momento. Achei que elas pudessem ser úteis para todos nós! Outras ficaram de fora, mas estão registradas para mais leituras antes do final de ano – sem esquecer, é claro, da tradicional leitura da energia do novo ano que chega: 2018. Lembro que nas minhas Leituras Mediúnicas eu uso apenas a minha sensibilidade, tentando me desvincular do que possa pensar ou saber a respeito de cada tema.

*

1. Luciano Huck candidato

Ao me concentrar sinto a candidatura dele como algo positiva, e com muita chance de eleição. Eu sinto que existirá muitas resistências, mas ele trará “outro olhar” que ajudará a começar grandes mudanças no país. Ele corre risco de vida, precisará se proteger até mesmo em termos de violência física. Capto que em algum momento o coração dele será partido pelos ataques que receberá, alguns usando o passado dele para tentar desmoralizá-lo, mas como conselho me vem que ele não deve se abalar e nem desistir. Vejo o Astral Superior muito mobilizado e que a “Fé” o ajudará. Realmente a impressão que tenho é de que ele poderia ser a pessoa jovem que sempre vi nas previsões, sem tradição política, que viria a dar o start de uma mudança para melhor em tudo que temos enfrentado de mal. Vamos prestar atenção nele.

Edit: 27/11. Ontem circulou em alguns sites de notícias uma nota com declaração do Huck desistindo de qualquer candidatura. Fiquei um pouco cismada. Ao sintonizar nele de novo, senti o “peso” das energias más que cercam a política brasileira neste momento. Acredito que ele tenha sofrido alguma forma de assédio ou coerção após divulgarem – também nos últimos dias – uma pesquisa com 60% de intenções de voto favoráveis a ele. Captei que ele sente que pode estar perdendo uma oportunidade. Não consegui ver o que ele realmente vai fazer pois isto surge em aberto para mim, há um impasse. Sobre o futuro da política no Brasil a imagem que o Astral me mostra ainda é a mesma: luz indicando melhora com a chegada de um homem jovem sem grande atuação política anterior, trazendo a melhoria que todos desejam. Sobre a identidade desse homem não é possível saber ainda pois aparece borrada como uma silhueta de luz (o que também é um bom sinal).

*

2, Como encerrará o ano?

Sinto o período que vai de agora ao fim do ano marcado por angústias e muito peso. Ouço o termo “explosões” ligado ao final do ano. Isso também representa dificuldades que culminarão em quebras, tanto a nível pessoal, como coletivo. O começo do ano que vem deve vir com alguma melhora e o Ano Novo será melhor que o Natal. No entanto, esse próximo mês não será tão bom nem tão próspero como todos gostaríamos. Eu sinto que é bom segurar a mão em gastos na primeira quinzena de Dezembro pois investimentos grandes estarão meio desfavorecidos.  Cuidado redobrado em manutenções de tudo que precisa de conserto ou que será usado materialmente.

*

3. A Coreia do Norte vai atacar o Japão?

De imediato não sinto um ataque. Parece que a intenção existia, mas aconteceram problemas internos. Capto algo ligado a um sistema, uma espécie de sabotagem que pode ter sido uma invasão digital que não foi divulgada. Por isso a Coreia do Norte “segurou” um pouco as declarações e as ações militares. Se algo acontecer, a chance é grande que ocorra no final do ano pela época anterior ou ao redor do Natal. Ano que vem eu sinto que assuntos referentes à Coreia do Norte voltarão à tona com força. Vejo o Japão em vigilância militar muito elevada e constante, pois me parece que eles interceptaram ou souberam de algo que estava planejado.

*

4. O que é essa sensação de incapacidade, tristeza e prostração que parece estar atingindo coletivamente a todos?

Eu vejo alguns aspectos diferentes. O primeiro é uma frustração pela inabilidade geral de ter melhorado as coisas, por tudo estar ainda muito dificultoso. O segundo ponto é que está no ar uma vibração “hostil”, e isso favorece todo tipo de sentimentos e ações ligadas a isso. Em terceiro, ouço que essa “intranquilidade” precede mudanças coletivas que virão (como se fosse uma premonição “de grupo”). O peso é muito forte nesse momento, é real essa sensação e os problemas estão facilitados. Como falei anteriormente essa tensão resultará em quebras (de novo, pessoais ou em assuntos que digam respeito à coletividade).

*

5. Existe apenas um Deus supremo ou existem outros deuses junto / abaixo Dele?

Quando me concentrei nesta questão eu vi algo bem interessante. Vi nosso Universo como uma espécie de fragmento de um caleidoscópio, e a luz de um Deus único ligada a este Universo como um todo; porém, a imagem continha múltiplos fragmentos representando Universos diferentes cada um com seu Deus supremo, sem uma aparente hierarquia. Eu consegui captar algo “acima” de todos os Universos, como se houvesse uma Força ainda maior, mas minha consciência simplesmente não pôde alcançar isso e talvez nem deva.

A respeito do nosso Universo, não senti Deuses no mesmo nível deste ser único. Ao conectar na imagem dele, vi muita luz branca e infinita, e essa sensação maravilhosa de bem e amor. Eu ouvi “A Fonte” como uma descrição ou termo associado a Ele. No entanto, eu senti sim outros “deuses” que são forças menores. Na verdade, ouvi o termo “Chaves“, imutáveis como o Deus desse Universo, e que refletem múltiplas forças e potências, tanto do que consideramos positivo quanto negativo, e que na visão maior espiritual são apenas relativos. Eles não têm o mesmo poder de Deus e nem parecem ter personalidade da forma como imaginamos, por exemplo, os deuses mitológicos.

Abaixo deles eu senti divindades ainda menores, como se fossem um meio-termo entre o que se considera como um deus e o que consideramos como um espírito humano. Ouvi o termo “influenciadores”, alguns que inclusive cruzaram o caminho da Terra, mas que estão espalhados por todo Universo. Por terem mais desenvoltura e potência eles podem produzir efeitos que consideramos sobrenaturais. Estes sim parecem ser dotados de uma espécie de “personalidade” rasa. A respeito destas entidades divinas vi pessoas de diferentes culturas e tempos da Terra registrando suas histórias e presenças, dando origens a diferentes mitos que por vezes descreveram os mesmos seres.

*

Bem, amigos, isso foi o que pude captar hoje. Espero que tenha sido interessante a vocês o tanto quanto foi para mim!

Para leituras individuais visite minha página de Atendimentos à Distância:
novasensitiva.com/atendimentos-a-distancia

E não deixe de acompanhar as mensagens no Facebook:
www.facebook.com/novasensitiva

Paz e Luz a todos!

*

Colaboraram com sugestões de temas: Amandinha Santos (2), Cris Mayumi Uehara (3),  Bárbara Moura (4), Cintia Aléo (5).

E você, o que está pensando?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s