As Delícias e As Bizarrices de Ser um Sensitivo

“Oh God, here we go again!”

Este texto está disponível em Áudio: clique aqui.

O post de hoje é mais uma postagem pessoal, sobre a minha experiência. Peço que você não leve muito a sério, mas se por acaso estiver passando ou passar por algo parecido, não entre em desespero. Este é um pequeno relato sobre a parte boa, e a parte não tão boa de ser sensitivo (ou o nome que você queira utilizar: médium, vidente, paranormal, etc.).

Bom, uma das primeiras coisas que você provavelmente vai sentir é um esgotamento terrível. A não ser que você tenha vindo muito preparado, ou nascido numa família que soubesse com o que estava lidando, é bem possível que você não saiba como proteger ou como lidar com a sua energia – muito menos com a dos outros. Na primeira fase de tudo, é bem possível que você “puxe” a energia mais pesada das pessoas e por isso você sabe quem elas são, como agem, o que pretendem, sem que digam uma palavra. E aí você vai se carregando e as pessoas ao seu redor não conseguem suportar suas mudanças bruscas de humor, e provavelmente também vão chegar a querer te dar uma voadora (ou algo do tipo). E você se sente culpado e ao mesmo tempo não tem ideia do que é tudo isso… E aí você vai dormir e acorda bem, ou toma um banho e fica bem. É possível que isso tudo tenha inclusive acontecido quando você era bebê, ou mesmo muito pequeno – e aí acabava infernizando todo mundo ao redor, falava coisas absurdas, e etc.

Uma outra coisa ingrata, nesse sentido, é que as pessoas mais próximas com o tempo e conforme você for se descobrindo, vão achar bem proveitoso ter alguém capaz de contatar o “Além”. Elas vão adorar te pedir dicas, ajuda, conselhos… E vão super confirmar e pôr fé nas suas “previsões”. Mas essas mesmas pessoas quando a mensagem não for boa, ou tocar na ferida, vão dizer que você está doido, que está inventando coisas, que o que você sente vem de você mesmo, e etc. E aí até que você consiga se sentir seguro o bastante consigo mesmo, com suas intuições, vai sentir uma mistura medonha de certeza e culpa. Não fique muito preso a esses sentimentos.

Uma outra coisa que infelizmente dura uma vida é que se você estiver muito irritado ou terrivelmente perturbado emocionalmente, prepare o bolso: os aparelhos e equipamentos eletro-eletrônicos, digitais, e do gênero, ao seu redor vão começar a estragar. Ou sumir! Sim, eles podem simplesmente parar de funcionar sem motivo, ou então começar a ter interferências inexplicáveis, e mesmo alguns objetos podem desaparecer pra nunca mais voltar (isso vai de caixinha de fósforos a dinheiro – pois é). Saiba que as lâmpadas vão temer você, inclusive as dos postes… E quando as pessoas ao seu redor começarem a derrubar talheres, pratos, coisas no chão, deixar escapar objetos das mãos, chegará um dia em que isso até vai se tornar divertido pra você e você vai acabar conseguindo usar essas deflexões pra melhorar o humor.

Se você é namoradeiro(a), aqui uma outra coisa chata. Você tem muita chance de encontrar um parceiro(a) que não tem sensibilidade nenhuma. Isso é meio desafiador… Se ele(a) for do tipo que apronta,  não se surpreenda se você tiver sonhos, vierem nomes na cabeça, imagens de pessoas, ou se sua intuição e sensações começarem a te roncar que algo está errado enquanto a pessoa nega. Por outro lado, existem outros sensitivos que encontram parceiros que admiram seus dons, e com isso vivem uma relação onde podem se sentir mais à vontade pra desenvolvê-los e não reprimi-los julgando-se loucos, desconfiados ou ciumentos. Eu ainda não conheci um casal de sensitivos, mas eu adoraria porque deve ser algo surreal e sem falar que a casa deve ter sérios problemas com a reposição de eletro-eletrônicos (risos eternos).

Ah sim, nessas épocas de Facebook, orkut, twitter, vai ser só olhar pro rosto de alguém muitas vezes pra saber que jamais sairá um coelho daquele mato, que a coisa nunca dará certo. Isso diminui terrivelmente as opções de flerte.

Algo triste também é sentir o momento em que certas pessoas vão partir, ir embora, desencarnar… Ou então quando você recebe uma informação que algo sairá errado, mas não pode dizer à pessoa. Em muitos casos, mensagens especialmente sobre o futuro vêm para preparar você para ajudar depois, porque se são ditas à pessoa, acabam afetando seu livre-arbítrio e com isso roubando seu direito de escolha, de decisão. Precisamos pensar 3x antes de dizer algo sobre o futuro a alguém, e principalmente julgar a utilidade da informação.

Existem ainda pessoas que não conseguem dormir no escuro (traumatizadas por algum bullying espiritual anterior), outras que sentem aquela presença chata em algum lugar que vão, ou que se sobrecarregam nos ambientes, ou que de antemão sabem que algo vai desandar e tentam avisar em vão. Assim vai a vida dos sensitivos.

Mas depois disso tudo, eu suspeito que precise contar algo de bom sobre essa história toda. Pois bem.

Uma das coisas mais incríveis é quando você sente e capta informações ou mensagens que ajudam as pessoas. Às vezes não só ajuda, mas muda a vida delas… Sejam mensagens de parentes falecidos, sejam soluções pra problemas que eram pesadelos, seja um ponto luminoso de esperança. A sensação de ser parte de algo tão maior é indescritível. Com o tempo, você vai perceber que na verdade seu “dom”, sua “faculdade”, o que quer que seja, é muito, mas muito menor do que o que existe “lá fora”… Deus, Jesus, anjos, santos, enfim. No que quer que acredite, são eles que fazem a coisa acontecer. Se você tem algum tipo de pretensão, orgulho, não tardará muito pra que as próprias experiências mostrem que você realmente é só um facilitador – usando a melhor das palavras, um meio.

Em certos momentos você também se torna um beneficiado direto da proteção espiritual. A serviço do bem, acontecem coisas que são difíceis de explicar. Você pode ter conseguido se recuperar de algo que muitos julgavam impossível; ter se levantado do fundo do poço; ter escapado de um acidente inexplicavelmente; pode ter num momento de angústia um sonho, ou recado, que traz coragem e fé; e pode inclusive sentir a presença dos amigos que vivem em outro plano ou dimensão. No final do ano passado, estive a literalmente um passo de participar de um grande reality show de uma grande emissora brasileira, em uma casa; coincidentemente nesse período, minha sensitividade se desenvolveu tanto e me trouxe tantas experiências, que 1 milhão ou mais nunca pagariam as coisas que vi, aprendi e senti. O contato com o espiritual te renova os valores internos, sem sombra de dúvida. A vida começa a seguir um fluxo onde você sabe que existe algo te guiando, e percebe que isso também orienta e guia todo o movimento do Universo. A fé se renova constantemente.

Dependendo de como as coisas funcionam pra você, pode ser que você tenha uma facilidade de conseguir as coisas que se determina. Sua energia tem facilidade de se desprender e se irradiar, e focalizar e logo atrair o que quer (de bom ou de ruim). O lado ótimo é que ao encontrar seu rumo, logo as portas vão se abrindo… Ao estar no rumo errado, as portas também se fecham bem mais depressa e isso não é ruim porque evita coisas piores de te acontecerem. Aqui entra de novo a proteção espiritual, mas também os sinais. Você precisa muito se acostumar a observar os sinais que “eles” te mandam… São pessoas, coisas, sonhos, que te respondem as preces, os pedidos de conselhos. Esteja atento, nunca esqueça um pedido que você tenha feito numa prece ou oração, principalmente se foi um pedido de conselho ou direção. As respostas virão e se você não estiver atento, pode levar pro lado pessoal algo estranho que alguém tenha dito, e aquela pessoa na verdade foi usada pra te dar uma resposta. Isso acontece comigo, demais.

Como dito anteriormente, você vai ter um faro ótimo pra saber quando alguém está aprontando, e por outro lado, nunca vai se esquecer das vezes em que estiver diante de uma pessoa de bom coração, de alma luminosa. A certeza de estar na presença do bem se torna inabalável e é uma dádiva.

Existem também pessoas que de algum modo têm uma capacidade de se concentrar a tal ponto – entrar num estado tão profundo e ligado a Deus – que suas orações literalmente tem uma força diferente. Todo mundo conhece alguém, na família, ou próximo, a quem todos pedem uma oração porque a reza é “forte”. Não se surpreenda se em algum momento essa pessoa começar a ser você… Isso é maravilhoso, mas também redobra toda a responsabilidade.

Bem, esse foi apenas um pequeno relato das delícias e das bizarrices de ser sensitivo, espero que te ajudem de algum modo, ou que pelo menos te divirta, ou ainda ajude a compreender caso você tenha a “sorte” de conviver com alguém assim.

Que a luz dos seus corações esteja acesa!

62 comentários Adicione o seu

  1. Isa disse:

    Que bacana! Você é tão jovem e tão iluminado. Escreve tão bem e se expressa melhor ainda. É difícil não se identificar com seus textos. Acho que seus textos já são um ” insight” . Estou tendo mais respostas aqui nas minhas visitas casuais do que tive quando frequentava o Centro ou pelo menos compartilhadas de forma mais didáticas. Continue compartilhando suas experiências , assim muitos poderão entender como normal, algumas manifestações e superar seus medos em prol de algo maior.
    Muita Luz
    Isa

  2. Marcos Pablo disse:

    Ola, me chamo Marcos Pablo e por algum motivo apos ver sua foto numa pesquisa de mudanca de horario do evangelho no lar, senti uma vontade enorme de falar com vc…por isso deixo aki meu email para que vc possa me add e quem sabe comecarmos ai uma grande amizade ou quem sabe um reencontro espiritual. marcos.pablo@hotmail.com. Gostaria muito que vc me adicionasse.
    Luz na sua vida sempre!

  3. Anderson disse:

    Sinto que presciso saber Mais sobre isso!!
    Gostaria de te seu apoio!!

  4. ismael disse:

    Me identifiquei com absolutamente tudo o que disse. li na presença de meu “insrutor”, e chorei. chorei de alegria por mais uma vez constatar que nao estou só, e do cansaço que sentia enquanto lia, derivado da absorçào de energias negativas “do dia” !rs
    tenho 19 anos e nos últimos meses minha sensibilidade-mediunidade se aflorou de forma bruta. metrazendo completa consciência das causas de alguns problemas de saúde. Obrigado por me fazer sentir “mais um” sensitivo! :-))

  5. Bruno disse:

    Oi Amigo, gostaria de lhe agradecer pelas palavras escritas que falam sobe experiências comuns dos clarissensitivos. Gostaria também de divulgar o seguinte blog para compartilhar mais experiências diariodeumclarissensitivo.blogspot.com.br
    Agradeço por tudo.

  6. Joyce disse:

    Olá me identifiquei com varias coisas….e gostei muito da parte : Como dito anteriormente, você vai ter um faro ótimo pra saber quando alguém está aprontando, e por outro lado, nunca vai se esquecer das vezes em que estiver diante de uma pessoa de bom coração, de alma luminosa. A certeza de estar na presença do bem se torna inabalável e é uma dádiva. Tenho muito medo de desenvolver, nao sei o que eu faria devido a minha impulsividade, preciso amadurecer isto.Sorte , coragem e luz!

  7. Sandra disse:

    Me identifiquei nesse texto, adorei seu bom humor e me iluminou bastante…
    ando sempre confusa e triste, sei que é por causa da mediunidade, estou tentando entender os sinais, as vezes é tão dificil, mas tem momentos que sinto uma grande paz, isso me deixa muito feliz! vale a pena seguir o caminho que foi traçado!

  8. Anderson disse:

    Ola amigo, me indentifiquei muito com o texto e, também gostaria de saber aonde posso saber mais sobre o assunto, o que devo procurar e com quem conversar, pois apesar de ter varios amigos me sinto preso e isolado em outra dimensão…

  9. Carlos de L.P disse:

    Perfeito é isso mesmo!Só tem algo ruim nessa história as pessoas assim nao devem dizer que tem esses dons se nao quizerem viver deles.E tomar cuidado para que pessoas invejosas nao saibam disso porque podem lhe prejudicar fazendo com que vc se confunda invertendo as vezes as informações que vc recebe e isso é muito ruim mesmo,causa uma confusão enorme!Digo isso porque nasci sensitivo nao me tornei um forçado!Tenho a minha fé como todos tem,eu sou cristao,mais a minha sensitividade e paranormalidade nao tem nada a ver com isso!Na minha opiniao sao coisas distintas vejo isso como ciencia,todos somos energias!Um abraço para os amigos(as)que tambem tem esses dons!!!

  10. Mayumi disse:

    Rafael eu adorei este post.É incrível, mas até parece um trecho da minha vida. Tive contato com o lado espiritual ainda bem criança. Aliás foi graças ao lado espiritual é que hj estou curada de um problema sério e raro de saúde. Acho que passei pelo que passei para ter esse entendimento que tenho hoje. Td o que vc mencionou acima coincide…na época da gravidez toda vez que eu ia fç a medição das contrações, ou ter algum contato com aparelhos eletrônicos eles falhavam, eu até cheguei a pesquisar sobre pessoas com capacidade de esgotar baterias ou de dar pane em eletrônicos. A primeira vez que isso aconteceu, foi qd os computadores foram instalados em shop usado como guia de lojas….as baterias de celular n duram o normal. Sem contar que dependendo do lugar aonde vou eu fico com uma fadiga incrível, os sonhos de pessoas falecidas pedindo socorro me deixaram deprimida por uns 20dias, foi qd tomei o banho de ANIL e simplesmente virei outra pessoa. Hj moro no Japão e no Br me formei num curso de terapia de regressão. Tenho uma sensibilidade muito intensa, e qd fazia as sessões de regressão eu conseguia “viajar” com as pessoas. E meus professores me admiraram pela minha postura. Muitas vezes digo coisas q não sei de onde saiu….algumas coisas mais elevadas eu falo, mas como se meu corpo estivesse sendo usado por um mentor espiritual. E quero poder voltar a fz terapia nas pessoas. Mas eu ainda fico um pouco receosa, pq tenho conhecimento de coisas que eu não estudei, simplesmente fç por intuição…e sempre me disseram que praticar a caridade de ajudar ao próximo seria a melhor forma de me desenvolver. Será que tudo isso é coisa da mediunidade? Por um lado é magnífico, mas pq nós precisamos necessariamente se sobrecarregar de energias pesadas dos outros? é nessa hora q me pergunto…e a força do pensamento, positivo atrai positivo e negativo atrai negativo, pq em alguns aspectos a mediunidade é “terrível”?

  11. Iracilda disse:

    Nossa Rafael, tenho certeza que não cheguei hoje à sua página em vão. Tudo, sem tirar uma vírgula do que escrevestes, é o que tenho vivido. Acrescento ainda alguns fatos à mais que chegam até a impressionar a mim e aos que convivem comigo, porém, não sei como lidar com tudo isso e muitas vezes tenho levado umas “pisas”, onde acredito que aconteçam por me envolver demais nas situações dos outros. Não sei o que devo fazer no sentido geral, não sei ainda lidar com várias situações e tenho ficado mal, como hoje, por causa de uma amiga/irmã que tem estado quase sempre pessimamente acompanhada espiritualmente. Se for possível você me dizer o que devo fazer para saber conviver melhor, aprender o que devo fazer, onde você procurou ajuda e se realmente resolve ou você aprendeu sozinho… Vim aqui hoje exatamente por tantas dúvidas e encontrei este texto. Agradeço demais o seu retorno. Ahhh, por favor, não demora muito a responder, se não a minha casa, para variar, vai ficar no escuro e com tudo quebrado de novo. Agora que estou assim, nestes últimos 6 dias já se foram 4 lâmpadas em locais totalmente diferente da casa. Chego a ficar com vergonha porque todos percebem que tem algo de errado comigo. Da última vez quebrou máquina de lavar, liquidificador, televisão e lâmpadas. Porém, quando estou bem, o retorno é muito rápido. Que Deus abençoe a sua vida cada dia mais! Obrigada pelas palavras!

  12. Pamella Rodrigues disse:

    Oi eu estou entrando neste mundo agora, sempre me senti diferente das pessoas, e que tinha umas bizarrices meios estranhas aos demais…então uma vez lendo algo sobre espíritos ( porque sentia muito a presença deles) eu li sobre sensibilidade, e quando cheguei aqui e vi teu texto..minha mente deu uma boa clariada. Não tenho ninguém na família com este dom que tenham me contado, e gostaria de uma ajuda para entender melhor e saber ao certo como desenvolver..você eh muito abençoado..se pudesse me ajudar ficaria grata…

  13. Jonas wallkers disse:

    Olá, me chamo Jonas acho que nao foi por acaso de eu ter visto esse site tudo que escreveu nesse site aconteceu e esta acontencendo sabe, eu apenas desconfiava que eu era sensitivo mas agora tenho a certeza que sou um, quando você disse que era para preparar os bolsos Meu Deus fiquei pasmo sabe, vou ter que formatar meu Windows 8 pela segunta vez, meu celular entao Meu Deus. Dá interferencia a cada vez que passo a mão nele. Bom eu gostaria de saber como posso aprimorar mais esse dom, meu primo disse que eu deveria ir em um centro de messa branca sei lá. Bom meu facebook está aqui adoraria muito conhecer pessoas que sao sensitivas eu não conheço ninguém sabe, facebook ( jonas wallkers ) se nao me encontrar estou de lentes azul ok.

  14. mari disse:

    Já me aconteceram muitos episódios que depois de um certo tempo começava a entender. Um deles aconteceu recentemente: fui à casa de um parente e vi a foto em que todos os irmãos estavam e eu já conhecia aquela foto e um dos irmãos não estava. Tentava por todos os meios vê o irmão, me virava, olhava e nada. Fui pra casa e dois dias depois fiquei sabendo de sua morte. Depois me arrependi de não ter comentado nada, pois eles provavelmente iriam me achar louca. Prevê muitos acontecimentos como morte, mudanças inesperadas de vida de alguém, e alguém conhecido vem me avisar de sua morte e até mesmo este fato que você comentou sobre pessoas infiéis, que por mais que a pessoa esconda, omita o fato eu consigo enxergar a verdade. Será que tudo isso que sinto é porque sou sensitiva? Chega a me incomodar.

    Prevê acontecimentos antes mesmo de acontecer, mortes de conhecidos. Prevê

  15. Monyke disse:

    Olá gostaria da sua ajuda. Bom ontem um amigo meu teve uma “visão” sobre mim, e nela mostrava que ainda vou ver muita coisa, e que eu tenho um dom muito forte. Mas eu ainda não vejo nada e tenho um certo medo. Tem como não desenvolver esse meu lado? E se eu desenvolver meu medo pode prejudicar?

    1. Rafael Nova disse:

      Monyke, essa semana vou escrever sobre como desenvolver a sensibilidade e como “não” desenvolver.

  16. ola,sou caroline,eu ainda nao sei bem cm é ser um sensitivo,eu vejo koisas,tenho contatos cm meus avos ou amigos faleçidos,eu nao sei cm é bem isso,vejo sombras ou vultos pela minha casa,ja ouvi tbm me chamar pelo meu nome,ja ouvi alguns sertos pensamentos tbm… eu acho muito incrivel isto e preciso de ajudar para descobrir se sou uma sensitive mesmo

  17. welinton disse:

    Lembre-se também que seus extintos associados ao universo “real” vão lhe confundir as vezes, lhe mostrando um quarto com mais de uma saída e em alguns casos todas estão corretas com consequências diferentes, então quanto mais desconectado do “real” mais seu poder de sentir aumentará e isso terá que ser feito sempre com cautela e sabedoria.

  18. marcos disse:

    A parte do durmi no escuro que é estranho tem coisa que vc diz que aconteceu comigo e eu nem dei bola. Sempre quando passo a luz do poste se apaga, quando to perto de alguem o talher cai. Meu celular as vezs trava que nem agr. Sei quando a pessoa ta triste feliz etc… e nem ligava pra isso mais minha sentividade ta se desenvolvendo de tal maneira que comecei a procura saber maia. Faz uma semana ou mais que nao durmo direito to desde ontem acordado por conta disso essa e a desvantagem muita energia ao nosso redor. Cara tipo nem te conheço eu tava com medo apavorado e vc me ajudo e me acalmo muiyo obg mesmo que Deus te abençoe sempre e te proteja obg de todo coracao

  19. Cássia Melo disse:

    Oi, Rafael….estou passando por coisas bem complicadas. Duas pessoas que são médiuns já me disseram que sou sensitiva. Mas não sei como lidar com isso. Minha vida tá de ponta a cabeça, as coisas simplesmente somem: remédios, bijuterias, utensílios, jóias, dinheiro. Este último então tem acontecido repetidas vezes e fico sem nenhum centavo. Está sendo horrível. Tem um outro fator: eu atraio muitas pessoas de energia ruim e afasto as boas. Eu preciso de ajuda, pois já pensei até em fazer alguma besteira; por favor, me diga o que devo fazer pra tudo isso de ruim melhorar. Obrigada desde já por você ou outra pessoa que leu isso tudo puder me ajudar

  20. Bruna disse:

    Ola, me identifiquei com algumas coisas, e preciso saber mais sobre a emanação de energias incontrolavelmente que no meu caso acredito que seja Crakra sacro. obg

  21. Thiago disse:

    Boa tarde!

    Seu relato me explicou muita coisa. Aliás, apenas me convenceu de uma coisa que eu não queria acreditar. Agora vou me desenvolver. Obrigado

    1. Rafael Nova disse:

      Oi Thiago, fico contente. Não é fácil descobrir as coisas e abrir caminho, mas quando nos propomos, toda a ajuda aparece. Fique atento aos sinais e você se desenvolverá belamente! Paz e Luz!

  22. Drielly disse:

    “PORTAL” para outro mundo através do corpo………..Pessoas podem abrir um “portal” para outro mundo através do corpo? Sinto no meu ouvido esquerdo um ar gelado que sai dele, e vai através do maxilar, ombros. É 24H por dia com essa sensação, quando tomo passe, esse ar fica extremamente quente. Tenho que andar com o ouvido tampado com algodão para poder conseguir me concentrar em outras coisas. O que pode ser isso? Meu nome é Drielly Guimarães Guerra 05/05/1985. Grata.

  23. lucia disse:

    ola Rafael ! Sinto-me exatamente assim tenho que viver sem olhar diretamente nos olhos das pessoas, posso sentir , ver coisas, que elas passaram, escuto seu choro! é horrível ! E as vezes vejo nos olhos,dos mesmos sei lá demônios,que gritam de pavor a mim e me dizem o que as pessoas fizeram sem que eu lhes pergunte coisa alguma, isso tudo numa fração de segundos enquanto são apresentadas a mim! Não consigo me acostumar a isso, mas sei que o Senhor quer algo de mim, queria poder ajuda-las com minhas orações sem sofrer tanto, pois acabo sentindo tudo que elas sentem, é involuntário!Me desculpe!Estou confusa!queria aprender a não me sentir tão mal e ser útil !Obrigado pela sua post fica com Deus!

  24. Guillherme L disse:

    Ola Rafael, eu me chamo Guilherme, e muito do que voce disse faz parte do meu cotidiano … mesmo eu nao gostando muito, estou tendo que me habituar … eu sinceramente tenho muitos conflitos com a pessoa que esta comigo (minha noiva), pois como voce disse “nao podemos interferir no livre arbitrio” eu sei as consequencias que isso gera, ja causei e presenciei …

    Mas a minha duvida é, eu tenho um receio muito grande de nao saber o tamanho da minha sensibilidade, porque ja tive diversas experiencias … de diversos tipos, e em algumas, eu nao consigo explicar … apenas contando o case em si …

    Eu gostaria de ajuda, pois hoje eu nao sei qual caminho seguir!

  25. Jaci da silva disse:

    um padre me diz que sou sensitiva me ajuda Rafael

  26. anna beatriz disse:

    Maravilhoso texto! Sempre fui sensitiva, mas fui me descobrir e aceitar isso ha apenas um mês. Antes disso, posso confirmar, minha vida era uma confusão. E chega a ser engraçado o modo como as coisas estão fluindo agora que sei como lidar com isso. Acho que o que mais me aborrece é a famta de fé de algumas pessoas, o quanto ficamosr estritos a falar sobre isso para alguém. Mas é tão bom encontrar pessoas que nos compreendem, como você que escreveu esse texto. Me identifiquei demais. Obrigada por compartilhar isso conosco! Abraços e luz

  27. Kátia disse:

    Seu post me ajudou muito pq ainda tenho algumas duvidas se sou sensitiva, desde criança sinto sensações,e impressão de que as vezes coisas que eu ”imaginava” acontecia, uma vez tinha uma amiga da minha mãe na minha casa de visita e eu n conseguia dormir nessa epoca trabalhava uma médium na minha casa e ela falo que eu era alguem boa, alguem especial por isso senti a energia ruim que vinha dela e que ela tava fazendo o mal, ultimamente percebi que eu sinto pessoas que tem dons

  28. Kátia disse:

    Os garotos que me apaixonei ate hj eu sempre descubro depois que eles tem dons, amigos que eu gosto de uma forma especial acabam me contando de dons , tenho 15 anos e estou tendo muita mudança de humor, do nada entro num estado de melancolia como eu denominei, e do nada to bem, percebo coisas, capito as coisas no ar minha amiga levo uma amiga dela pra um passeio cmg e quando ela foi falar uma coisa eu falei na frente, a garota olho pra minha amiga e fez: -como ela sabia? E minha amiga respondeu : -é ela tem isso as vezes de saber oq vc vai falar, eu mesma numca tinha percebido isso, sinto as personalidades das pessoas, e sei só de olha

  29. Kátia disse:

    Sei só de ver a foto do garoto ou ver ele se teria algo com ele, na igreja sinto uma energia forte e gostosa e choro as vezes as pessoas acham que to com problemas,mas é nesses momentos que sou lavada, meus celulares quebram rapido,as vezes luzes piscão… N sei se sou sensitiva,mas me identifiquei bastante, n sei se to desenvolvendo agora, n sei estou perdida.

  30. Camila disse:

    Obrigada Rafael. Mas sua experiencia é diferente da minha. A parte de conhecer as pessoas é um pouco verdade mas não é algo expressivo e certo. Agora os sonhos acontecem muito: “pode ter num momento de angústia um sonho, ou recado, que traz coragem e fé.”

    E eu tenho fortes intuições também, mas eu achava que era natural…. Até que no ultimo dia 18 eu finalmente tive certeza que sou sensitiva. Na verdade nos últimos meses, os efeitos físicos no meu corpo se tornaram claros e na noite do dia 18 depois de ler o seu texto “Como Desenvolver Sua Sensibilidade” Eu me concentrei como você falou e não demorou para ter espasmos e ter certeza que alguém estava querendo se comunicar… mas o resto do que aconteceu eu só diria por email rsrs

    Estou me sentindo sozinha, mas já encontrei um cantinho mais agradável na internet para falar disso. Já tive orientação de uma amiga espirita (bem antes do dia 18) e li algumas ideias dos espíritas mas não gostei muito… me senti melhor com as suas, dos seus textos.
    Sou de família católica e isso não facilita.
    Obrigada!

  31. Mafalda Castro disse:

    quer conhecer um casal? venha a Gondomar Portugal 🙂 eu sou sensitiva e o meu namorado é medium e o meu melhor amigo também é medium hehehe. Não há melhor coisa que ter um companheiro que me perceba e comprenda e que me ajuda neste assunto. é simplesmente fantástico

  32. ola Rafael ! eu desde pequena ,acontece coisas surreal comigo ,mais foram tantas que eu vou contar a ultima, meu cunhado veio na minha casa , fazia 15 anos que não nos viamos,, ele tava tão contente e disse , nossa eu tinha que vir aqui , me disseram que eu ia ser muito bem recebido , no outro dia ele se levantou e teve um AVC depois de uma semana veio a falecer,foi uma semana de um pesadelo interminavel ,mais eu sabia que algo estava para acontecer ,eu dizia pro meu marido que eu estava em evolução espiritual isso 1 mes antes de acontecer o fato ,eu fui ao enterro dele ´sou de JUndiai e ele de Uberaba terra de Chico Xavier .

  33. Isabel disse:

    Adorei esta publicação ….

  34. Cris disse:

    Bom primeiro bom dia…. Sou sensitiva … E meu marido também é… É indescritível a sensação de ter a certeza que alguém era pra ser ” seu” . Tenho facilidade de pedir as coisas em oração e alcançar … Acho que desde sempre… Gosto de ajudar os outros de forma que encontrem oq procuram… Consigo distinguir quando uma pessoa é do bem e sei que vai ser importante meu comentário… Consumo sonhar… Com coisas e pessoas … E realmente acontece… Não gosto de palavrão e não gosto de desejar mal a ninguém principalmente quando estou zangada….
    Mas tenho muitos amigos de verdade e amo ajudar eles…
    Uma das coisas boas do meu marido ser sensitivo tbm é que nos conhecemos mais profundamente e não conseguimos nos enganar… Mentir um pro outro… É bom no final das contas…
    Bjos e Deus Abençoe a todos….

  35. Carla disse:

    Bullying espiritual. Ameiii!!! Agora toda vez que me perguntarem porque tenho medo de escuro vou responder isso. Resume muito bem! kkkkk

  36. maldonado disse:

    Olá a todos.

    Muito legal saber sobre as experiências de outros sensitivos, e os níveis de cada um, bem como praticamente você sabe ou acredita que é um por isso está aqui entende o fato de quem lê seu post sente o que você passou além das letras que escreveu. Bem eu sempre tive um dom forte nessa parte, eu não precisa ver um rosto, eu precisava de um rastro da pessoa, uma ideia, e eu conseguia ver o universo dela, a alma, inclusive já fiz a pessoa sentir meu dom dentro dela, eu já alcancei níveis absurdos em minha alta energia, eu vi coisas ruins pra caramba, mas não me abalava, por quê? Bem, nós somos loucos, de forma positiva, buscamos respostas, e queremos encontrar, então quando vamos determinados, sabemos que respostas não são na maioria das vezes boas ou fáceis de conseguir, você sofre da carne, ossos a alma, sua mente vibra, mas você se sente forte e incrível, você sabe quem está de malícia, se faz de bobo, mas é mais esperto que todos no meio. Você reconhece as intenções das pessoas e tals.

    Bem, existem as diversidades de um sensitivo para o outro, ninguém é igual em situação nenhuma, só parecidos.
    Eu por exemplo, não gosto muito de me expor nesse sentido, mas sendo direto, consigo sentir a agonia das pessoas e buscar o jeito certo de acertar as coisas, ou se meu interesse for ruim eu posso manipular ela, depende do seu senso. Eu não costumo ver gente morta, já vi, ou achei que vi, mas eu na maioria das vezes via seres “superiores”, bem as aspas pra que? eu não sou religioso, eu sigo minha filosofia, independente da verdade ou não. Bem eu já vi e senti esses, eles sentimentos diferentes, é esquisito sentir, e forte, nos sufoca ou relaxa.

    É legal a diversidade, já fiquei com uma garota que tinha clarividência, e engraçado que depois que me deitei com ela eu comecei a prever as coisas durante um tempo, mas já se esgotou e minhas principais habilidades que me alertam apenas.

    Bem, meu conselho é cuidado, conheça seus limites, pesquise 5 fontes diferentes, acredite em que sua intuição apontar. Você é um sensitivo e não é único, mas deve ter percebido que muitas das suas ações você que tem que tomar por si, porque nem outro sensitivo pode te ajudar melhor do que si mesmo, por isso como a escritura falou, realmente não devemos influenciar na decisão de cada um, por mais que nos doa, podemos dar opções, mas respeitar o que a pessoa quer, por que aquela é a verdade que ela busca.

    Bem galera já falei demais né, nem sei se vão ter saco pra ler, mas qualquer coisa estamos ae pra compartilhar essa vida de loucos.

    1. Edilson disse:

      Muito bom seu comentário, Maldonado!
      Parabéns pela exposição.

    2. Antonio Carlos Gonçalves disse:

      Agradeço!!

  37. Serhumano disse:

    Sou um jovem sensitvo de 13 anos gostaria de conversar com você

  38. Renata Alves Loiola disse:

    Você mora aonde , você pode me ajudar . Minha sensibilidade tá horrivél consigo ada sendo sensitiva ? onde posso me curar disso .

  39. Leila Munique disse:

    Olá! achei muito interessante sua experiência, eu me vi nesse texto e ri muito na hora do poste,kkkkkk, eles apagam sempre quando estou com a emoção a flor da pele, é incrível!!! além de saber se as pessoas são boa ou má intencionadas, sempre acerto, obrigada pelo seu relato, criei coragem de seguir em frente e administrar esse meu lado sensitiva, grande beijo!

  40. ELIANE PEREIRA DOS SANTOS disse:

    Meu nome é Eliane, minha história é longa ,mais quero dizer que sou sensitiva e preciso de ajuda.faz 3 meses que descobri depois de anos me fazendo milhares de perguntas indo até a psicóloga,e me achando a estranha tenho uma profunda espiritualidade mais algo que me incomoda é o esgotamento e dificuldade de ficar em multidão,minhas intuições são sempre confirmadas,e tenho sonhos que avisam algo que está para acontecer.gostaria de me relacionar com pessoas que tbm são sensitivos para melhorar meu dom.meu e-mail elianeluz23@gmail.com peço aos sensitivos que me escrevam para trocarmos experiências.

  41. Bruna nepomuceno disse:

    Amei este artigo ,gostaria do seu Facebook!

  42. Oi tudo bem? Caí aqui meio de para quedas, porque resolvi pesquisar sobre pessoas sensitivas depois que comecei a pensar na possibilidade de ser assim. Me identifique muito com o texto. Não sei se sou sensitiva, mas estou me identificando com o que leio sobre… Percebi agora que às vezes meu computador trava quando fico com raiva (geralmente fico com mais raiva ainda e dou uns cascudos nele). Tenho muitos sonhos lúcidos, muitos sonhos cheios de significados e geralmente sonho com pessoas da minha família que já faleceram. Nesses sonhos, sou a única pessoa que consegue ve-las e eu fico com muito medo. Consigo me lembrar da maioria deles com clareza: tias que já faleceram me dando tchau ou acenando pra mim, e eu tentando mostrar pra uma pessoa que está comigo mas que não vê nada. Também tenho dificuldade de dormir no escuro, inexplicavelmente sinto uma necessidade muito forte de acender a luz. Parece que tem alguém comigo no quarto. Fico cansada com muita frequência e “sinto” o humor das pessoas. As vezes só de olhar pra alguém já sei como ela está, e se estiver chateada ou com raiva isso me afeta muito. Costumo fazer algumas perguntas e a resposta sempre confirma a minha suspeita. Como você mesmo citou, dormir me renova. Estou realmente acreditando que sou sensitiva, mas tenho medo e não sei o que fazer. Queria procurar alguém para orientação

    1. joyce disse:

      Oiii, olha quem sabe um tratamento e ou consulta espiritual pode te ajudar.

  43. camila disse:

    Muito bom! ri horrores aqui, porque me identifiquei bastante, achava que era só eu que destruia aparelhos eletricos: note quebrado, televisão que pisca, lampada que só dura 2 meses… fora os estragos no meu plexo solar em determinados ambientes… mas mais coincidência, é que tambem sou reikiana e arteterapeuta .. é tão bom saber que não somos as únicas a presenciar certas impressões e acontecimentos … abraços e muita luz

  44. Felipe Costa disse:

    Foi Deus que me levou aqui, eu ainda do começando a sentir espiritos, energias de outras pessoas, eu estou começando a me acustumar com isso, como consigo evoluir ?

  45. Amanda disse:

    Oi, eu queria saber, se no caso de eu ter desde pequena coisas desse tipo e não ter me importado, vão diminuindo? Digo, esse “dom” desaparece se não for desenvolvido?

  46. Isabela disse:

    Isso dos aparelhos pararem de funcionar quando estou irritada é muito comum!! Pensei que essa fosse uma relação louca da minha cabeça, mas acontece tão frequentemente! Engraçado você ter falado sobre isso…
    Ser sensitiva é uma bênção, mas é uma responsabilidade tão grande também. Ainda estou no início da jornada pra apender a lidar com esse dom.

  47. Flaviana Arruda Pontes disse:

    Tenho 40 anos . E aos meus 39 anos me deparei com um Padre onde percebi que que ele também era diferente . E o que guardei toda minha vida , me senti segura depois de um tempo pra conversar com ele… Ele tem me ajudado muito . Mas , ele não me fala nada claramente. Ele é um recém ordenado sacerdote e sinto claramente que falou a meu respeito ao seu superior e me sinto observada por ele. No início me sentia muito incomodada com esta situação. Mas comecei a entender muitos sinais vindo através deles. Sinais que me trouxe muita paz e crescimento espiritual. Mas eles omitem todas as informações possíveis… isto eu não entendo.E as Vezes me sinto um doidinha rsrsrsrs. Ex: senti a morte do meu irmão 3 dias antes, vejo claramente quando estão mentindo pra mim, , percebo claramente quando encontro pessoas sensível. ..

  48. Melissa disse:

    Eu 18 anos e ainda não aprendi a lidar com isso, odeio saber das coisas antes que elas aconteçam, odeio sofrer por coisas que não são minhas, as vezes só quero sumir do planeta.

    1. joy disse:

      eu nao sei muito bem lidar, nao sei se o que sinto e penso é meu e ou influenciado…um horror.

  49. Edilson disse:

    Olá,
    Se a pessoa possivelmente sensitiva for inteligente e bem instruída (formações acadêmicas, etc…), tem de tomar o máximo de cuidado ao começar tentar entender do assunto, pois começa enveredar num caminho muito dificultoso, correndo o risco de ficar bastante confusa.

    Na verdade, entendo, humildemente, que a sensitividade independe de religião e formação acadêmica, haja vista tratar-se de uma força interior inerente a cada um de nós e em graus diferentes (todos têm). Porém, é inegável que algumas pessoas mais instruídas tem um senso de percepção mais acurado do que outras, ou seja, na questão mais apontada nos diversos comentários acima exemplificados, fica claro que o foco é em perceber quando alguém está enganando ou mentido, isso porque, é comum à qualquer ser humano tentar descobrir o que o outro está fazendo ou pensando.

    Por isso, e bem por isso, o sensitivo deve realmente “SENTIR” e não deduzir que algo está errado em certas pessoas ou situações, ou que tal coisa vai acontecer!

    Não sei se sou sensitivo, à algum tempo venho analisando a possibilidade de ser, mas tenho procurado entender algumas coisas sobrenaturais que “senti” e confirmei depois, onde, aliás, recomendo uma boa infestação em relação a uma desconfiança pre-sentida.

    Gostaria de compartilhar experiências com pessoas que também estejam aprendendo lidar com este estado de “espirito”, pois nada melhor do que aprender com quem já vivenciou coisas COMPROVADAMENTE sobrenaturais.

    Outro ponto interessante para se pensar e também muito apontado pelos ilustres participantes desta curiosa e interessante abordagem, é quanto dormir no escuro.

    Não nos esqueçamos que no ventre de nossas mães não há luz. rsrsrs. Brincadeira à parte, deduzo que alguns de nos possa nascer com uma percepção mais aguçada e ser incomodado por isso, sei lá (por isso digo acima que é bom trocar experiências).

    Perdoem-me se falei alguma incongruência.

    Abraço fraterno a todos

    Edilson

    1. Antonio Carlos Gonçalves disse:

      Olá poderíamos falar mais sobre o assunto?

  50. Debora disse:

    Tenho quase tudo que li aquisempre estou alerta mais não sei ainda lidar com isso,pois me sinto mal,peço que me ajude.

  51. Antonio Carlos Gonçalves disse:

    Acrescentou muito, grato ❤

  52. Gabriela Nascimento disse:

    Bem isso mesmo! Tem seu lado bom e seu lado ruim 🙂 gratidão por compartilhar e mostrar que não estamos sozinhos nessa missão…

    Beijos da sua mais nova seguidora Gabriela ♥

  53. Marília Ribeiro leite disse:

    Sensação de cheiro de cânfora na pele.

E você, o que está pensando?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s