Círculo de Proteção Energética e Harmonização dos Chakras

Há mais ou menos um mês atrás eu tomei a decisão de compartilhar aqui duas técnicas simples e que aplico frequentemente. Como trabalho muito com energia (conheça meu espaço profissional clicando aqui), ao longo dos últimos meses acabei desenvolvendo um modo pessoal de me proteger e também tive contato com um material de harmonização ótimo. Ambos compartilho a seguir.

*

Círculo de Proteção Energética

Diante da energia negativa, ou da necessidade de ir a um ambiente carregado, várias pessoas podem ter dúvida sobre como podem se proteger. Eu mesmo, diante de cada novo trabalho, acabo realizando a mentalização a seguir de modo a me sentir totalmente protegido e afastado de qualquer influência negativa.

Procure um lugar reservado, onde se sinta favorecido para interiorizar o pensamento. Feche os olhos, coloque as mãos na altura do coração em posição de oração sem cruzar os dedos – as palmas uma diante da outra. Sinta que sua atenção começa a focar no seu interior, procurando se desligar dos estímulos externos.

Nesse momento peça permissão a Deus para entrar em contato e receber a energia vital universal. Peça que seja colocado ao seu redor um “círculo de proteção energética”, formando um tubo, e que o interior desse círculo seja preenchido com uma energia luminosa (visualize a cor que te transmitir maior sensação de proteção e força, comigo sempre uso o branco) afastando tudo que houver de mal em qualquer dimensão e que poderia te atrapalhar no trabalho que você tem de realizar, te conduzindo ao erro, à injustiça, à mentira. Peça que as energias negativas, emoções negativas, presenças negativas, possam ser encaminhadas a algum lugar onde sejam úteis, transformadas ou tratadas.

Eu coloco o termo “qualquer dimensão” porque sei bem que a negatividade não existe só numa frequência espiritual, e até mesmo forças alheias podem acabar prejudicando. Portanto seja em qualquer prece ou mentalização, seja sempre claro naquilo que vai pedir – assim terá a certeza de estar atingindo a coisa certa.

Sinta como se essa energia que você invocou esteja descendo do alto, e preenchendo num movimento espiral todo o espaço do círculo ao seu redor. É comum nesse ponto sentir o rosto corar, algum tipo de calor nas mãos, ou mesmo algum tipo de bem estar e sentimento diferente. Tenha certeza de que desse ponto em diante nada de mal te afetará a menos que você mesmo abra a porta baixando sua vibração – entrando em pensamentos, assuntos, sentimentos muito negativos que tomem seu coração e seu ser (você consegue lembrar certamente desse tipo de situação que “toma” e rouba o estado de bem estar que estava sentindo).

Eu também, nesse ponto, recomendo que você peça a Deus, aos mentores, guias, entidades, santos, anjos, enfim, a quem desperta sua fé, para que possam estar contigo, iluminando seus pensamentos e seus atos. Que eles possam estar junto de ti em todas as dimensões atuando pelo seu desenvolvimento e pelo desenvolvimento da humanidade em direção ao bem e à luz.

Finalize sua mentalização.

Comentando essa técnica com a amiga Cíntia, lembrei de que ela pode ser utilizada não só em você, mas em outras pessoas que você sinta que estejam precisando, em locais de trabalho, em casas onde o ambiente está muito tumultuado. Lembre-se de que este é um instrumento para servir ao bem, portanto, à vontade de Deus – utilize-o com fins nobres.

*

Harmonização dos Chakras

A técnica original de harmonização saiu do livro “Manual do Curador: Manipulação da Biopsicoenergia”, ditado pelo espírito Irmã Maria Clara e equipe médica espiritual a Geraldo Medeiros Jr. Infelizmente não existem mais edições desse livro pela Editora Butterfly, mas se você tiver interesse poderá encontrá-lo em sebos virtuais como a Estante Virtual (clique aqui).

Para quem não tem familiaridade, recomendo que de início dê uma pesquisada rápida sobre os Chakras. O termo “chakra” vem do sânscrito e significa roda. Na Ayurveda (Ciência da Vida) – sistema médico oficial da Índia com características tão próprias quanto, por exemplo, a Medicina Tradicional Chinesa – os Chakras são centros distribuídos ao longo de regiões do organismo e que se encarregam da recepção do prana (energia vita) e sua distribuição pelo corpo.

Cada um destes centros é como se fosse um funil que suga a energia vital; os principais são em número de 7 e cada um se relaciona a uma cor, dimensão da consciência, glândula, entre várias outras características diferentes. Contudo, ao olhar para o simbolismo e o conhecimento do Chakra, pode-se pensar sobre que tipo de coisas podem estar afetando aquela região do corpo que temos mais sensível: por exemplo garganta, região estomacal, etc.

Você pode fazer uma leitura rápida sobre eles na Wikipédia: clique aqui.

Sempre que eu me sinto desvitalizado ou doente, antes de dormir costumo aplicar essa mentalização. Você pode aplicá-la como meditação em outros momentos e situações. O que ela ajuda é a harmonizar a abertura e o funcionamento de cada um destes centros. E a partir desse ponto peço a inspiração da Irmã Maria Clara e dos mentores queridos para poder relatar de forma correta.

“Inicialmente, num local confortável, respire fundo. Sinta as correntes de ar entrando e saindo dos pulmões, tomando consciência de cada porção do seu corpo da cabeça aos pés. Permita-se entrar num estado de relaxamento, onde você encontrará a si mesmo junto de todo o Poder do Universo.

“Visualize uma luz branca sobre a parte alta de sua cabeça. Sinta-a ali, simplesmente; como se ela estivesse dançando e trazendo paz, saúde, refazimento. Deixe que ali ela fique o tempo suficiente, enquanto você mantém sua respiração tranquila e devagar. Quando sentir que o tempo é suficiente inspire o ar e o prenda nos pulmões por alguns segundos, visualizando esta luz também entrando e parando no interior da região do alto da cabeça. Solte o ar, e agora visualize a luz se transportando para a altura da testa iluminando toda sua região dos olhos, nariz, ouvidos, nuca.

“Repita o processo: deixe que a luz permaneça ali pelo tempo suficiente, a seguir inspire retendo o ar e a luz, agora no interior da cabeça na altura dos olhos; depois ao soltar o ar, visualize a luz se encaminhando para a região da garganta, e envolvendo todos os órgãos da fala, a boca, dentes, maxilar.

“Repita o processo: deixe que a luz permaneça ali pelo tempo suficiente, a seguir inspire retendo o ar e a luz, agora no interior da garganta e de toda esta região trabalhada; depois ao soltar o ar, visualize a luz se encaminhando para o centro do coração, e toda esta região sendo iluminada, envolvendo os pulmões, coração, ombros, parte de trás do tórax, braços e mãos.

“Repita o processo: deixe que a luz permaneça ali pelo tempo suficiente, a seguir inspire retendo o ar e a luz, agora no interior do peito; depois ao soltar o ar, visualize a luz se encaminhando para o centro do plexo solar, sobre a área de estômago e fígado, intestino delgado, região posterior na coluna, harmonizando esta região e a envolvendo.

“Repita o processo: deixe que a luz permaneça ali pelo tempo suficiente, a seguir inspire retendo o ar e a luz, agora no interior do abdome superior; depois ao soltar o ar, visualize a luz se encaminhando para a região umbilical, agora iluminando os órgãos da cavidade abdominal e a porção da coluna na parte posterior do corpo, trazendo luz e recuperação para toda essa região.

“Repita o processo: deixe que a luz permaneça ali pelo tempo suficiente, a seguir inspire retendo o ar e a luz, agora no interior da barriga; depois ao soltar o ar, visualize a luz de encaminhando para a base da coluna, iluminando o períneo, e os órgãos sexuais, pernas, glúteos, sacro. Que a luz ilumine, harmonize, refaça toda a energia desta região que é tão importante porque se liga à vida na matéria.

“Para completar todo o ciclo, neste momento retenha o ar e a luz nesta região pélvica e ao expirar, soltar o ar, visualize a luz de movendo pela coluna e voltando ao topo da cabeça. Permaneça alguns segundos sentindo todo seu corpo energético e físico iluminados por essa radiação branca, trazendo-lhe bem estar. Sinta como se esta luz continuasse a se mover ao seu redor, formando uma unidade, um circuito com todos os pontos ligados. Agradeça a Deus por ter permitido esta pequena mentalização.”

Uma das coisas interessantes nessa técnica é que em alguns casos se pode começar a sentir quando a região do Chakra não estava bem. Se você já conhece cada um deles, pode dar ênfase durante a mentalização na sua iluminação. Esta prática é bastante útil.

*

Espero que estas práticas possam ajudá-lo! Um grande abraço com meu maior desejo de luz, com toda gratidão por ter acompanhado estas palavras!

2 comentários Adicione o seu

  1. Maria disse:

    Bem Hajas Rafael!
    Foi por acaso que cheguei á tua pagina, quando pesquisava o Tema “Criancas Musgo”: Sinceramente que estou fascinada pela qualidade e amor que nela brotam. Vou continuar acompanhando. Estou a residir na Alemanha mas sou Portuguesa. Muita Paz, amor e Luz na tua Missao de interajuda. Obrigada pela partilha do teu conhecimento Rafael. Nanasté Maria

  2. Jaci Fernandes da Silva disse:

    No amor que tenho a natureza porque sou fracil

E você, o que está pensando?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s