O que esperar?

Recentemente o estado de Santa Catarina foi cenário de uma grande tragédia. Durante semanas instaurou-se um período de chuvas, alternados com raros dias de sol, até culminar num final de semana onde os efeitos das águas não se fizeram esperar. O que aconteceu todos sabem: Deslizamentos, alagamentos, mortes.

Tudo isso me deixou muito aflito. Eu pensava e pensava, e tentava imaginar se estas pessoas todas poderiam ter recebido de alguma forma um “aviso” fosse através de um sonho, uma impressão, ou qualquer outra coisa.

Eu acredito que o homem cria e re-cria seu destino a todo instante. Portanto, pela minha própria experiência pessoal sobre premonições, eu creio que acessamos uma faixa de sintonia de uma tendência do futuro. Teoricamente, seria possível modificar eventos… Porém, quase sempre isto não acontece e durante muito tempo pensei a respeito da veracidade ou não de possuirmos o chamado “livre-arbítrio”.

Não cheguei a assistir nenhuma reportagem com pessoas falando que tiveram algum “aviso”.

Conversando com um colega, o Mestre Luiz, debatemos o assuntos e concluímos que estes sinais podem sim ter ocorrido, e de maneiras muito diversas e em intervalos de tempo de muitos anos ou poucos dias, dependendo de casa pessoa. No entanto, por algum motivo, não foi “escutado” ou percebido. Ou ainda, foi ignorado.

O caso é que ninguém percebeu que algo poderia acontecer, nessa magnitude, e desse jeito. Nem mesmo algum “vidente” se aventurou a aparecer nos programas sensacionalistas da televisão à tarde… Nada!

É delicado falar sobre isso. Penso em todas as pessoas que passaram pelo que passaram. Deve ser difícil manter a fé, manter a razão e a moral. Não foi raro os casos de saqueamento, assaltos, e mesmo altas de preço nas comunidades afetadas. Houve um comerciante que chegou a cobrar 25 reais pelo galão de água, aproveitando a falta de água potável e o desespero da população. Um verdadeiro cenário apocalíptico, de guerra!

Fato é que estamos surdos e cegos por muito tempo. E a pergunta que me faço agora: Por que não conseguimos perceber? Como poderíamos acessar e passar a receber estas informações?

Círculos de Colheita (“Crop Circles”) ou Agroglifos

Em 9 de novembro de 2008, foram reportados o aparecimento de círculos misteriosos nos campos de uma cidade no oeste de Santa Catarina. A imagem a seguir foi retirada do site Crop Circle Connector.

Os dois primeiros círculos apareceram na madrugada do sábado dia 8 de novembro para domingo, dia 9, na cidade de Ipuaçu / SC. Estavam distantes cerca de 5km um do outro.

Na manhã do dia 19 de novembro, novos agroglifos foram encontrados em Faxinal dos Guedes e Formosa do Sul. Para saber mais, consulte a matéria da revista UFO clicando aqui.

Uma imagem

No dia 6 de novembro de 2008, às 2:35 PM, fiz um desenho o qual não coloquei título. Nunca deixo de colocar títulos nos meus trabalhos. De início imaginei se tratar de algo referente a mim mesmo, minha mente, meus processos psicológicos. No entanto, Luiz acreditou se tratar também de uma espécie de “aviso” oculto.

6 de novembro de 2008
6 de novembro de 2008

Note-se que tudo está sobre as águas, bem como as baleias no “céu” – animais tradicionais nas praias catarinenses em certas épocas. Abaixo, uma poça, que Luiz considerou ser lama. E a planta, como que uma espécie de esperança a respeito do porvir.

Possível relação?

Não sei precisar se de fato existiria relação entre os agroglifos, ou o desenho, com o que aconteceu em SC. No entando, a tragédia teve seu ápice no final de semana do domingo dia 23 de novembro. Lembro bem daqueles dias, e realmente foi angustiante a chuva sem parar… Ficamos sem água, em alguns locais sem luz, e vendo pela televisão os estragos acontecendo.

Duas cidades foram as mais atingidas. Dois foram os círculos que apareceram no mesmo dia, separados.

No dia 28, após um deslizamento na cidade de Blumenau, no Morro do Zendron, restou e apareceu a seguinte imagem – uma cruz.

Não se sabe ainda o que virá. Muitos deslizamentos continuam acontecendo mesmo nestas dias em que o sol reapareceu nos céus do estado. Embora muita ajuda esteja chegando a SC através de donativos e assistência, as pessoas ainda estão com muito medo. 

Conclusão

O que eu espero com este post é uma reflexão. Que possamos de alguma forma perceber e ver com outros olhos o que acontece ao nosso redor. Quem sabe não possamos nos precaver contra certos acontecimentos, ou mesmo alertar alguém?

Eu recordo quando Jesus falava e dizia que o verdadeiro sentido era para quem tivesse olhos para ver e ouvidos para ouvir. Espero que possamos despertar nossa atenção, nossos sentidos, para as sutilezas que acontecem.

Um amigo meu me disse veementemente, “ah, isso é coincidência”, pois ele não crê em nada dessas coisas. E eu me pergunto, pois sei que a maioria das pessoas pensa como ele, “o que terá de acontecer um dia para não ser considerado coincidência?”.

[Quando eu estava terminando de escrever o post, meu coração acelerou e lembrei de mais uma coisa]

P.S.

Em março deste ano, mais precisamente nos últimos dias daquele mês, foi noticiado que em Itajaí uma imagem de Nossa Senhora das Graças estaria vertendo óleo perfumado.  Clique aqui ou aqui para ler um pouco mais.

Bem, e o que isso tem a ver com o assunto?

Na verdade, percebi desde a tragédia da TAM e alguma outra que não me recordo, que costumam acontecer fenômenos como esse alguns meses antes. Havia acontecido algo relacionado a uma imagem de Maria, e agora me lembrei desta.

“Coincidência” ou não, Itajaí foi uma das cidades com maior número de estragos no estado.

1 comentário Adicione o seu

  1. Dayane disse:

    Rafael….
    Garoto.. acabei de conhecer seus blogs (o antigo tb).
    Obrigada por dividir seu mundo com o mundo!

    Quanto ao assunto do post propriamente dito, penso que todas as tragedias naturais ou não que vitimam centenas e ferem milhares, tem avisos sim, sutis, dentro de cada fé e entendimento.
    Penso que essa seja a parte mais linda do livre arbitrio, se uma das vitimas por exemplo tivesse sido avisada, é pq ela se comprometeu a passar por esse obstaculo, mas ela ainda pode desistir e estacionar.
    Como aquelas atitudes inconscientes que as vezes nos tiram de situações de perigo e depois damos graças a Deus, nada mais é do que o espirito tentando seguir o mapa dessa existencia.
    Alem do que, estamos em um planeta escola, os exilados de Capela estão se preparando para um novo nivel de aprendizado, estamos todos acertando contas com nossos erros.
    Todo esse caos no mundo que nos faz sofrer direta ou indiretamente é necessário.
    Se eu escrevi alguma besteira, por favor perdoe… estou engatinhando no espiritismo. Mas adoro dar minha opiniao!

E você, o que está pensando?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s